Olá,


Sobre

essa mulher de luta!


Artigos

e Matérias


Quem é Elenira?

Conheça um pouco mais de Elenira Vilela, Candidata a Vereadora de Florianópolis pelo Partido dos Trabalhadores com o número 13013! #QuemDefendeVocêÉoPT

Olá,


Eu sou Elenira Oliveira Vilela, candidata à vereadora em Florianópolis pelo Partido das Trabalhadoras, e gostaria de me apresentar pra você.

Eu tenho 44 anos e 2 filhos, o Luan e o Cauê. Sou filha da Jussara e do Carlos, e quando eu nasci eles estavam em situação de clandestinidade, porque eram contrários aos crimes da ditadura militar e defendiam a democracia e o direito à educação e contra a fome.


Defender os direitos do povo e a democracia naquela época, era crime, e eles precisavam se esconder pra não serem presos ou mesmo mortos.


Me chamo Elenira em memória à Helenira Resende, estudante, preta, vice presidenta da UNE que atuou nessa mesma luta e por ela foi assassinada em 29 de setembro de 1972 pelas forças da repressão.

Aos 12 anos, ano em que a reconstrução democrática brasileira tinha seu coroamento com a promulgação da Constituição Cidadã, eu iniciei minha militância pela educação.

Movimento Estudantil


Tive uma participação no Movimento Estudantil por muitos anos, que começou no Centro Cívico da escola, depois fui do Grêmio Estudantil do Instituto Estadual de Educação pelo qual participei da coordenação das passeatas do Fora Collor aqui na cidade, do DA de Matemática e do DCE da UFF (eu iniciei a faculdade por lá e cheguei a ser representante do Conselho Superior), do DCE da UFSC, da APG da UFSC e Diretora de Mulheres da UCE (quando organizamos o 3º Encontro de Mulheres Universitárias de SC).
Atualmente recebi o reconhecimento dessa trajetória e da minha luta na defesa da educação e apoio ao Movimento Estudantil quando o Conselho de Entidades de Base do IFSC foi formado e recebeu meu nome, chama-se CEB Professora Elenira Oliveira Vilela IFSC por decisão unânime das 31 entidades que compõem o CEB, mulheragem que sempre será a maior que eu poderia receber na vida e pela qual sou e sempre serei muito grata.

Formação


Sou formada em Matemática e Mestra em Educação pela UFSC e sempre estudei a situação do Brasil e da cidade de Florianópolis. Na UFSC tive o privilégio de ser estudante de graduação e pós, trabalhar como bolsista no Ensino à distância como design instrucional e ter sido professora, atuando na APUFSC e nas muitas lutas em defesa da universidade, contra a cobrança de mensalidades e a privatização, na luta por orçamento justo, defesa da autonomia, campanhas pra reitoria. Também tive o privilégio de ter meu filho estudando todo o Ensino Fundamental e Médio, onde participei da defesa do Colégio e de sua democratização.

Desde os 10 anos queria ser professora e aos 12 decidi que seria de matemática. Brincava de bonecas dando aula pra elas, explicando a matéria, passando exercícios, acolhendo dilemas e “dando broncas”.


Um dos meus programas preferidos de TV era a formação do magistério que passava na TV educativa.

Profissão


Sou professora desde 1995, tendo atuado em todos os níveis de ensino: da Educação Infantil à Pós graduação, incluindo a Educação de Jovens e Adultos (EJA) e o Ensino Técnico e Profissionalizante; nas modalidades presencial e à distância; em todas as Redes Municipal, Estadual (básica e UDESC) e Federal (UFSC e IFSC) e privada.

Atuei também na formação de professoras, fui coordenadora de Matemática da Rede Municipal de Educação quando coordenei a formulação coletiva da Proposta Curricular de Matemática da Rede e os grupos de formação durante o Governo da Frente Popular de Sérgio Grando, quando a Professora Doroti Martins era Secretária da Educação.
Também atuei na formação na Rede da Palhoça e em inúmeros eventos de formação em ensino de Matemática e organização escolar na região.
Além de participar das lutas pela democracia participativa nas escolas, como as eleições pra diretores de escola e construção dos Conselhos de Escola.
Também das campanhas pela liberdade de cátedra de professores e contra o projeto Escola “de um partido só” e pelos direitos de todos os trabalhadores e trabalhadoras da educação, como hora atividade, direito à formação, melhoria da remuneração, contra super lotação de turmas, entre muitas outras.
Fui membra do Conselho Municipal de Educação representando o Sintrasem, quando debatemos com toda a cidade a proposta democrática de Sistema Municipal de Educação.
Participei de Congressos, debates, conselhos, assembleias, mobilizações e greve tanto quanto estava na base do SINTRASEM, quanto no SINTE.

Escola Pública


Estudei em escolas públicas a maior parte da minha vida e meus filhos estudaram todo o ensino fundamental e médio, o Luan fez o EF na Escola Beatriz de Souza Brito, da Rede Municipal no Pantanal e atualmente cursa o EM Técnico Integrado de Eletrônica no IFSC.

O Cauê permanece na UFSC cursando graduação em Geologia.

Na minha concepção a defesa da Educação Pública, Gratuita, Laica, Estatal, de Qualidade e Socialmente referenciada, baseada na ciência, na filosofia e na cultura e disponibilizando o conhecimento mais avançado produzido pela humanidade a todes a partir do respeito à cultura e tradições populares e enfrentando toda forma de exploração e opressão é um compromisso de vida.


E parte desse compromisso se materializa colocando meus filhos pra viver a educação pública, dela se beneficiar e por ela lutar, com política pública universal e de Estado.


Então, mesmo mais recentemente tendo condições financeiras de pagar escolas privadas, os matriculei na pública e luta pra que ela tenha a maior qualidade para meus filhos e para todes!

Luta


Desde 2010 sou professora concursada do IFSC campus São José. Com poucos meses na Instituição entrei na direção do SINASEFE IFSC em uma recomposição da Diretoria e logo em 2011 precisamos fazer a luta em defesa da flexibilização de jornada para permitir o atendimento ininterrupto na instituição.
Também liderei a luta pela progressão docente de DI pra DIII e de DIV pra DV prevista na reformulação da carreira EBTT e fizemos greve pelo reajuste salarial, recomposição da carreira e condições de trabalho (saudades dos tempos em que nossa luta era pra avançar nos direitos e não pra impedir a destruição da educação ou pra defender condições básicas de trabalho).
Fui membra da Comissão Nacional Docente e do Conselho Permanente de Reconhecimento de Saberes e Competências que regulou a concessão de RSC para os docentes EBTT e pela divulgação inicial e debate com a categoria sobre o ataque representado pela PEC 241 toda a luta contra sua aprovação.
Infelizmente fomos 2017 derrotados e hoje vivemos as trágicas consequências da EC 95/2016.
Organizamos o 1º Seminário de Carreira do SINASEFE.
Em 2018 fui eleita pra Direção Nacional do SINASEFE da qual estou atualmente licenciada pra concorrer às eleições.
Atualmente estou lutando ativamente contra a intervenção do MEC na ossa instituição, defendendo a democracia e a autonomia, com a posse imediata do Reitor eleito, Professor Maurício graiba Jr e sua equipe, além da nomeação efetiva de todos os diretores e diretoras eleitos, que estão exercendo seus mandatos de maneira precária, como pró-tempores.

Política


Minha vontade de participar mais diretamente das definições dos rumos do nosso paraíso é tanta, que esta é a minha 5ª candidatura.

Em 1996 fui candidata a vereadora pela Juventude do PT, em 2000 fui candidata a vice prefeita da cidade com apenas 24 anos.

Independente das candidaturas sempre participei das lutas da cidade...

Lutei pelo Plano Diretor Participativo!
Lutei contra a implantação do pedágio na SC-401!
Lutei pela apuração da corrupção na Operação Moeda Verde!
Lutei pelo uso correto do orçamento que veio do Ministério das Cidades no Governo Lula para saneamento, e para a construção da Rede de Coleta e Tratamento de Esgoto!
Lutei contra a política de emissários!
Lutei pela defesa de áreas de parques públicos e áreas de preservação ambiental como o Parque da Luz e a Ponta do Coral!
Lutei contra o aumento de Tarifa nas Revoltas da Catraca!
Lutei pela mobilidade na cidade e no apoio à luta de várias categorias, como o Transporte, a Saúde e a COMCAP!
Lutei pelo Plano Diretor Participativo!
Lutei contra a implantação do pedágio na SC-401!
Lutei pela apuração da corrupção na Operação Moeda Verde!
Lutei pelo uso correto do orçamento que veio do Ministério das Cidades no Governo Lula para saneamento, e para a construção da Rede de Coleta e Tratamento de Esgoto!
Lutei contra a política de emissários!
Lutei pela defesa de áreas de parques públicos e áreas de preservação ambiental como o Parque da Luz e a Ponta do Coral!
Lutei contra o aumento de Tarifa nas Revoltas da Catraca!
Lutei pela mobilidade na cidade e no apoio à luta de várias categorias, como o Transporte, a Saúde e a COMCAP!

Políticas Públicas


Sempre defendo as empresas e políticas públicas e os direitos de servidores públicos nas mais variadas áreas.


Participei ativamente do Movimento Unificado Contra as Privatizações (MUCAP), na defesa do SUS e do SUAS ou de órgãos como o Ministério da Cultura ou o do Trabalho e o IBGE e o IBAMA.

Mesmo não estando mais na base, apoiei lutas do SINTE e SINTRASEM, como na greve do Magistério de 2011 e na luta contra as OSs ou contra a Reforma Administrativa proposta pelo Gean em sua primeira semana de mandato quando foi derrotada pela categoria.


Também apoie a defesa de manifestações culturais como a Batalha das Minas, a luta pela revitalização da parte central junto ao terminal Cidade de Florianópolis e a luta pelo orçamento mínimo para Cultura e a execução periódica do Edital Elizabeth Anderle, entre outras políticas de fomento e acesso à cultura.

Movimentos


#VidasNegrasImportam

Também participei recentemente do #elenão e no apoio a Mobilização Vidas Negras Importam.
Apoiei de perto as ocupações de escolas contra a Reforma do Ensino Médio e a PEC 241, sempre respeitando a autonomia de organização do Movimento Estudantil.
Coordenei ou contribui na construção e organização das passeatas do #TsunamiDaEducação e de todas as lutas coletivas pela educação e direitos.
Fiz diversos debates a pedido de movimento estudantil, sindicato e outras organizações sobre o Projeto Future-se, especialmente em diversos campi do IFSC e de outras instituições da RedeTec, UFSC, UDESC entre outras.
Também apoio com frequência ocupações urbanas, como a Ocupação Amarildo, a Frei Damião ou a Marielle, na luta contra o despejo, pelo direito à moradia e todas as políticas públicas e também no apoio, mais recentemente, à população em situação de Rua, o Movimento pop Rua e a luta pela dignidade de todas as pessoas.

#GreveInternacionalDeMulheres

Desde que apareceu a proposta de 8M – Greve Internacional de Mulheres participei ativamente da organização das 4 edições de construção, debates e mobilizações feministas, anticapitalistas, antirracistas, anticapacitistas, anti LGBTIfóbica, pela liberdade religiosa, inclusive de não crença e contra toda forma de opressão e exploração que fizemos desde então.
Além de debater feminismo e questões sociais relacionadas em diversas escolas e outros espaços de formação e organização, como movimentos e associações.

Militância Partidária


Na militância partidária fui da Direção Estadual e Municipal e uma militante sempre presente e atuante, buscando defender a formação política, a organização de base, a autossustentação financeira, a atuação cotidiana nas questões da cidade e do Brasil, o programa socialista e a coerência programática na atuação política e eleitoral.

Participei da organização das manifestações contra o Golpe e pela Liberdade do Presidente Lula, além de ter participado das Caravanas de Lula pelo sul e de muitas atividades em Curitiba, SP e RJ pela sua liberdade e recuperação de direitos políticos.


Há 4 anos iniciei uma militância pela democratização da comunicação, pela defesa da comunicação independente do poder econômico.


Uma comunicação classista, feminista, antirracista, que tenha espaço pra expressão de indígenas, camponeses e lutas como a da Reforma Agrária e a demarcação de terras indígenas e pela comunicação e o direito à informação como um direito humano.

Brasil 247

Participo como colaboradora, entrevistadora, entrevistada, militante, colunista, sócia honorária e mesmo como atriz de projetos de comunicação social e popular, como no Portal Desacato e no Portal Brasil 247, entre outros.

Sempre gostei muito de viajar, conhecer o Brasil, a América Latina e o mundo todo para conhecer culturas, formas de relação, organizações políticas, possibilidades de planejamento urbano e mobilidade, arquiteturas e propostas educacionais, enriquecer minha visão e mesmo valorizar mais o que temos e o que podemos ter conhecendo os outros.

Conhecer tantos lugares, me faz valorizar as lutas de muitos povos como a luta contra a invasão e o holocausto contra Palestinos, pelo fim do bloqueio econômico a Cuba, o fim de todas as guerras e contra o imperialismo.

Frente democrática e Popular

Recentemente participei ativamente da consolidação da Frente democrática e Popular pela qual estamos disputando a prefeitura com Elson Pereira (PSOL) candidato a prefeito, Lino Peres (PT) Candidato a vice e com PCdoB, PDT, PCLCP, PSB, Rede, UCB e UP, todos os mais de 100 candidates a vereador(a) e a possibilidade que Florianópolis tanto merece de voltar a um Governo Popular, quem sabe com um Câmara de Vereadores pela primeira vez cheia de mulheres e democrática e popular.

Conhecer tantos lugares, me faz valorizar as lutas de muitos povos como a luta contra a invasão e o holocausto contra Palestinos, pelo fim do bloqueio econômico a Cuba, o fim de todas as guerras e contra o imperialismo.

Você sempre poderá me encontrar na defesa de todas as pessoas que estejam sendo exploradas ou oprimidas...


... na defesa da preservação ambiental, na defesa dos direitos sociais, trabalhistas, humanos e na defesa da democracia, da soberania, da justiça e da autodeterminação dos povos.

Essa sou eu,
Elenira Vilela!


Você quer ver alguém assim na Câmara de Vereadores de Florianópolis? Vote Elenira 13013, faça campanha, divulgue nossa história e propostas, curta compartilhe e comente em nossas redes sociais e, se possível, contribua financeiramente para que possamos chegar lá!

Para Prefeito, vote!